Leitura Dinâmica: 9 Dicas para Ler Mais Rápido


Como ler mais rápido: 9 Dicas de leitura dinâmica

A seguir, serão abordadas nove dicas práticas que podem ser aplicadas pelo estudante para que ele acelere seu potencial de absorção e retenção de informações durante a leitura.

1ª dica: Leitura objetiva

Essa dica se trata de uma estratégia muito comum utilizada por estudantes que estão prestando vestibular ou estudando para a realização de outras provas, e serve, principalmente, para testes de interpretação de texto.


Diante de uma prova, quase todas as pessoas leem o texto antes de chegarem às perguntas, e nesse momento, boa parte dos estudantes não se lembra do trecho correspondente àquela informação.

Uma forma muito simples de se evitar esse problema e fazer com que o estudante tenha uma direção exata logo após iniciar a leitura é estabelecer objetivos e metas. Para isso, nada mais eficiente do que ler as perguntas antes da leitura do texto. Desse modo, o estudante saberá exatamente o que ele deverá procurar no decorrer da leitura. É claro que essa técnica poderá ser ineficiente se a prova tiver muitas questões a respeito do mesmo texto, por exemplo, 10 exercícios. Assim, o estudante poderá perder um tempo precioso lendo e relendo as questões para memorizá-las.

Essa mesma estratégia pode ser aplicada na leitura de um livro, como uma obra de conteúdo técnico. Nesse caso, recomenda-se iniciar a leitura pelo sumário. Desse modo, o indivíduo terá uma pré-visualização das informações que está buscando, descobrindo em qual capítulo e tópico elas se encontram.

2ª dica: Controle dos movimentos involuntários

A segunda dica consiste em ter mais força de vontade e, simultaneamente, diminuir a distração durante a leitura. Afinal, se o indivíduo não estiver concentrado, sua mente começará a divagar.

menina-pensando

Quem nunca começou a ler um texto, e de repente se viu pensando em assuntos totalmente desconexos, e, dessa forma, teve de voltar a ler o texto desde o início? Quanto mais concentrado o indivíduo estiver durante a leitura, mais informação ele irá reter, diminuindo o número de releituras.

Um modo de evitar o problema acima é realizar um exercício fisiológico todos os dias. Assim, o indivíduo ampliará sua concentração e sua capacidade de foco. O referido exercício também é muito utilizado em técnicas de meditação.

Uma vez que esteja preparado para estudar, o indivíduo deverá se sentar confortavelmente e permanecer completamente imóvel durante 1 minuto. O ato de ficar paralisado durante 1 minuto possibilitará o controle dos movimentos involuntários. Quando o estudante não toma esse cuidado, os citados movimentos podem tomar o controle de suas ações. Nestes casos, por exemplo, o indivíduo interrompe frequentemente a leitura para ver seu email, entrar no Facebook, ou chega até mesmo a se distrair com a passagem de uma mosca.

A melhor forma de concentrar a mente é colocar o corpo em um estado no qual seja mais fácil se concentrar. É por isso que, durante um pequeno intervalo de tempo, o indivíduo deve ficar completamente imóvel a fim de conseguir aumentar sua concentração.

No início, o exercício pode durar apenas 1 minuto. Se o indivíduo conseguir permanecer completamente imóvel durante esse intervalo, ele poderá partir para um nível mais difícil, ampliando o tempo de paralisação para 5 minutos. Por outro lado, se a concentração já estiver em um nível bem mais desenvolvido, ele poderá tentar ficar parado por 10 minutos.

Essa técnica está ligada à meditação, e tem a função de conferir à mente um estado de maior calma, o famoso estado alfa, no qual nosso cérebro se torna mais receptivo às informações. Além disso, a técnica também ajuda a controlar os movimentos involuntários, fazendo com que o indivíduo se mantenha mais focado na leitura e nos seus objetivos.

3ª dica: Técnica da fixação do olhar

Para realizar a técnica de fixação do olhar, é necessário ter uma vela acesa, a qual deve ser posicionada bem à frente do indivíduo. Em seguida, é necessário concentrar o olhar sobre a chama até que os olhos se cansem, e quando isso ocorrer, o estudante poderá fechá-los e imaginar que ele ainda consegue visualizar a chama mentalmente. Essa imagem deve estar bem nítida, e caso necessário, o indivíduo poderá abrir os olhos novamente e se concentrar na chama por mais alguns minutos.

O ato de fixar o olhar na chama da vela é também é uma técnica hipnótica, descrita por James Braid. O fogo exerce uma característica naturalmente hipnótica, a qual prende o olhar. A técnica de fixação do olhar possibilita que a mente entre em um estado de maior foco. Logo, ao se concentrar na vela, o indivíduo acaba ampliando seu poder de concentração, ou seja, a capacidade de não se distrair com o que esteja acontecendo ao seu redor.

Ademais, a partir do momento em que os olhos são fechados e o indivíduo tenta visualizar os movimentos da chama da vela mentalmente, ele está estimulando sua parte visual a fim de conseguir reter a imagem em sua mente.

4ª dica: Postura correta para ler

Leia sempre em uma mesa e mantendo a postura ereta, dessa forma, tanto a velocidade de leitura quanto a concentração tendem a apresentar uma sensível melhora. Jamais devemos ler deitados em uma cama, sofá ou rede. Obviamente isso traz maior conforto, entretanto, ler dessa forma provoca sono, além de ser muito menos eficiente.

5ª dica: A mão que guia os olhos

lendo-com-os-dedos

Outro detalhe importante é o uso da mão para guiar os olhos. Quem for destro deve utilizar a mão direita e os canhotos a esquerda. Ao acelerar a mão, consequentemente os olhos e o cérebro também serão acelerados. Isso tende a melhorar a velocidade e a compreensão da leitura, além de aumentar profundamente a concentração. Assim, antes mesmo de fazer um curso de leitura dinâmica, todos já podem começar a guiar os olhos com a mão no momento da leitura.

6ª dica: Aquecimento do globo ocular

Primeiramente, o leitor deve esfregar uma mão na outra, até que elas fiquem bem quentes e possam aquecer o globo ocular, o próximo passo consiste em encostar as palmas das mãos sobre os olhos. O procedimento deve ser repetido algumas vezes durante dois ou três minutos.

Em seguida, o leitor deve realizar movimentos oculares, direcionando os olhos para cima, baixo, esquerda e direita. O objetivo também é aquecer o globo ocular.

7ª dica: Leitura invertida

Antes de iniciar a leitura, o leitor deve pegar virar o livro de cabeça para baixo. Em seguida, deve ler a primeira página da direita para a esquerda e de baixo para cima. Cabe observar que será necessário fazer um esforço considerável para concluir essa tarefa. Contudo, isso deve ser feito apenas para uma única página.

8ª dica: Divisão do texto e saltos oculares

Uma vez concluída a leitura invertida, o leitor deverá voltar o livro à posição inicial e começar a lê-lo no sentido correto. Entretanto, essa nova leitura deverá ser efetuada em “saltos”, com o texto dividido em três partes: canto esquerdo, centro e canto direito. Essa leitura em saltos promove um ganho de velocidade, pois o leitor coloca em prática sua visão periférica.

ler-mais-rapido

9ª dica: Leitura com marcador de página

Outra técnica que pode ser usada para acelerar a leitura de um livro repleto de assuntos técnicos e complexos é embasada no uso de um marcador de página, o qual deve ser deslizado rapidamente pelo texto enquanto a leitura é efetuada. Essa técnica pode ter grande valia para livros que abordem temas que exijam mais concentração.

Treinos constantes

O leitor deve treinar todas as etapas aqui descritas durante uma semana. Depois disso, ele certamente terá uma leitura mais rápida.


with No Comments 1

Related Posts

No posts were found for display

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Conteúdo protegido: Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98)