Sistema Nervoso: SNC, SNP e SNA – Tudo Que Você Precisa Saber

Sistema nervoso e suas subdivisões

Devido à complexidade do sistema nervoso, por questões didáticas seu estudo é dividido em duas partes principais: sistema nervoso central (SNC) e sistema nervoso periférico (SNP). O próprio termo “anatomia” significa cortar em partes. Logo, quando sem estuda anatomia se está estudando “cortes”.



Basicamente, o SNC é um elemento do sistema nervoso protegido por caixas ósseas e pelo tecido axial. Isso significa que ele está protegido pelo crânio (o nosso “capacete”) e pela coluna vertebral, que fornece proteção para a medula. Já os elementos periféricos saem do sistema nervoso central para se comunicarem com outras partes do organismo.

sistema-nervoso

Sistema nervoso central (SNC) e suas partes

snc

Divisões do encéfalo

O SNC é dividido em duas partes fundamentais. A primeira é o encéfalo, e a segunda é a medula espinhal. O encéfalo é a parte do SNC que compreende o cérebro, o cerebelo e o tronco encefálico. Os elementos encefálicos são responsáveis pelo controle das funções orgânicas.

O cérebro controla tudo o que acontece em nosso corpo. O telencéfalo (cérebro propriamente dito) e o diencéfalo são elementos do cérebro. Já o cerebelo é como um pequeno cérebro situado na parte posterior inferior do crânio. Enquanto isso, o tronco encefálico é uma estrutura que conecta o cérebro à medula espinhal, que é um prolongamento de todo esse conjunto, além de ser uma ramificação do SNC.

Divisões do tronco encefálico

O tronco encefálico é dividido em três partes: mesencéfalo (parte superior), ponte (pequena parte arredondada do tronco) e bulbo (terminal). Depois do bulbo, tem início a medula espinhal.

Vale salientar que todas as partes correspondentes ao encéfalo ficam dentro do crânio. Já a medula espinhal sai a partir da primeira vértebra (atlas), e está protegida pelas vértebras, que formam a coluna vertebral. Logo, o sistema nervoso central é protegido pelo esqueleto axial.

Sistema nervoso periférico (SNP) e suas partes

O sistema nervoso periférico (SNP) corresponde basicamente aos nervos, que são estruturas de tecido nervoso que se ramificam a partir do SNC. Existem dois tipos de nervos: cranianos e espinhais.

Nervos cranianos

Como o próprio nome sugere, os nervos cranianos se situam no crânio. Temos 12 pares destes nervos, os quais emergem a partir do encéfalo, 10 desses pares tem origem no tronco encefálico e dois deles são originados pelo cérebro.

Nervos espinhais

Nossos 31 nervos espinhais têm origem nos segmentos espinhais, ou seja, na medula. Esses nervos se dividem emergindo das regiões cervical, torácica, lombar, sacral e coccígea. Assim, todas essas saídas de nervos surgem a partir da medula espinhal.

Total de pares de nervos do SNC

nervos-cranianos-espinhais

Somando os nervos espinhais com os nervos cranianos, há 43 pares de nervos emergindo a partir do SNC. Os nervos que partem da medula dão origem a outros nervos, localizados principalmente nos membros superiores e inferiores, nos quais existem os famosos plexos.

Sistema nervoso autônomo (SNA)

Há ainda outra parte do sistema nervoso: o sistema nervoso autônomo (SNA), que corresponde a uma divisão do SNP. O SNA é a parte do SNP que contém dilatações chamadas gânglios, e neles estão as junções dos neurônios, denominadas sinapses. Esses gânglios podem pertencer ao sistema nervoso autônomo parassimpático (SNAP) ou ao sistema nervoso autônomo simpático (SNAS).

with No Comments 2

Related Posts

No posts were found for display

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Conteúdo protegido: Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98)